Menu / Busca

Porque os gatos são carnívoros

A dieta dos gatos, atualmente, vem sendo cada vez mais questionada por parte dos proprietários, especialmente aqueles que optam por uma dieta livre de proteína animal. Vamos então esclarecer as peculiaridades na nutrição dos gatos e justificar porque são considerados carnívoros estritos.

Vamos listar algumas características peculiares dos gatos que comprovam sua natureza carnívora:

CARACTERÍSTICAS ANATÔMICAS e FISIOLÓGICAS

Gatos possuem menor quantidade de dentes molares e pré-molares em comparação com os cães, assim como menor estômago e um intestino mais curto, pois não ingerem a mesma quantidade de fibras e carboidratos.

Gatos não possuem a enzima amilase na saliva, que tem como função dar início à digestão dos carboidratos.

CARACTERÍSTICAS METABÓLICAS

Gatos necessitam de grandes quantidades de proteína em comparação com homens e cães. Um gato adulto necessita de 4 g de proteína/kg de peso contra apenas 2.6 g nos cães e 0.8 g nos humanos.

Os níveis de glicose no sangue dos gatos são mantidos pela ingestão de aminoácidos (proteínas) e gordura ao contrário de cães e homens, que usam o carboidrato para realizar esta função.

Existem alguns aminoácidos que, para os gatos, são considerados essenciais, como arginina, metionina e taurina, portanto devem estar presentes na dieta dos gatos.

Como os gatos se adaptaram a caçar eles perderam a capacidade de sintetizar (produzir) vitamina D através dos raios solares, porque essa vitamina é encontrada nos pequenos animais que eles caçam.

 A vitamina A somente é encontrada em tecido animal, mas os humanos e os cães conseguem obter essa vitamina das plantas através de um precursor chamado beta-caroteno. Nos gatos essa conversão não ocorre e isso justifica sua dieta carnívora.

GATOS PODEM COMER SOMENTE CARNE?

A resposta é não! Oferecer apenas carne aos gatos pode causar deficiência nutricional. Se pensarmos na dieta dos bichanos na natureza eles comem carne, ossos, vísceras, pele, etc. Por isso é muito importante oferecer uma dieta equilibrada e não apenas pedaços de carne.

O EXCESSO DE CARBOIDRATO

O excesso de carboidrato na dieta dos gatos pode causar diabetes e obesidade, pois os níveis de glicose no sangue sobem muito com este excesso.

As rações secas que oferecemos aos gatos são uma excelente opção de dieta, mas infelizmente contém grandes quantidades de carboidrato, o que pode causar obesidade, mesmo o gato não ingerindo um volume muito grande da ração por dia.

Rações úmidas, como em lata ou sache são uma boa alternativa, pois contém menor quantidade de carboidrato, entretanto devem ser oferecidas diversas porções ao dia e não podem ficar expostas na vasilha ao longo do dia como as rações secas. Por causa disso alguns proprietários não conseguem oferecer apenas dieta úmida.

A mistura das duas dietas costuma ser uma boa alternativa!

DIETAS CASEIRAS

Nunca inicie uma dieta caseira para seu gato sem consultar um nutricionista veterinário. Em longo prazo os danos da deficiência ou do excesso de alguns nutrientes podem ser irreversíveis, portanto peça ajuda para um profissional na hora de tomar esta decisão.

Leia aqui mais sobre ração para gatos!

Dra. Laila Massad Ribas

Laila Massad Ribas

Laila Massad Ribas

Possui formação acadêmica em veterinária, especialização em medicina felina e mestrado e doutorado pela USP.