Menu / Busca

Constipação e Megacólon

Constipação é definida por uma defecação dificultosa ou infrequente e o resultado é a retenção de fezes no cólon ou reto (porções finais do intestino grosso). Quando as fezes ficam muito tempo retidas elas acabam ressecadas e impactadas e, quando não há mais como reverter, temos a obstipação. A retenção das fezes por tempo prolongado pode levar a uma distensão do cólon, o chamado megacólon.

O megacólon é frequentemente observado na clínica dos felinos e os gatos idosos são mais acometidos.

CAUSAS

Diversas são as causas do megacólon, dentre elas são: dor ao defecar, desidratação (comum em pacientes com doença renal), obstruções (tumores no intestino ou trauma na bacia), problemas de coluna e até mesmo causa psicológicas (caixa de areia suja, internação hospitalar ou mudança da rotina do gato).

O ato de se lamber constantemente para realizar sua higiene é uma peculiaridade do gato que pode favorecer o acúmulo de fezes no cólon, pois esta lambedura gera a ingestão de grande quantidade de pelos. Além disso, gatos que ingerem pouca água são mais predispostos.

SINTOMAS

Idas frequentes à caixa de areia sem sucesso é um dos sintomas mais observados pelos proprietários. Os gatinhos geralmente tentam várias vezes evacuar e não conseguem, ou quando conseguem, evacuam fezes ressecadas e em pequenos volumes. Dor ao evacuar, representada por gritos, é comum.

Outros sintomas são: desidratação, anorexia, fraqueza e vômitos.

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico muitas vezes é realizado pela palpação do abdômen que indica um acúmulo anormal de fezes impactadas no cólon. Exames de imagem podem ajudar, como a radiografia abdominal, da bacia e da coluna. Exames de sangue avaliam o nível de desidratação e uma possível causa primária (p.ex. doença renal).

TRATAMENTO

O tratamento consiste na remoção das fezes, mas sempre após estabilização do paciente, principalmente se o gatinho estiver desidratado. A remoção exige desde uma sedação leve até mesmo anestesia geral e/ou epidural.

Quando o gato apresenta o mesmo quadro diversas vezes uma cirurgia pode ser indicada.

PREVENÇÃO

Uma dieta adequada à idade do gato ajuda bastante na prevenção. Gatos idosos devem comer ração para idosos!!!

Para prevenir outros episódios o veterinário muitas vezes prescreve laxantes e/ou dietas que favoreçam a passam do bolo fecal (p. ex. dietas ricas em fibras) e, se possível, trata a causa primária do megacólon.

Estas informações são apenas para elucidar o proprietário sobre constipação no gato e não têm caráter diagnóstico. Nunca medique seu gato sem orientação de um veterinário.

Dra. Laila Massad Ribas

Laila Massad Ribas

Laila Massad Ribas

Possui formação acadêmica em veterinária, especialização em medicina felina e mestrado e doutorado pela USP.