Menu / Busca

10 dicas para melhorar comportamento

Os gatos são serem complexos e extremamente inteligentes. Sua domesticação ocorreu há aproximadamente 9 mil anos e cada vez mais nos aproximamos desses animais maravilhosos. Infelizmente essa aproximação pode ser feita de maneira errada e gerar problemas de comportamento.

Darei aqui 10 dicas para evitar/melhorar o comportamento dos gatos, independente do problema. Não havendo melhora levar o gato a um profissional.

1) coloque caixas de papelão espalhadas pela casa e, de preferência, em locais altos (armários, geladeiras, etc);

2) tire uma hora do dia para brincar com seu gato. Escolha brinquedos que ele possa “caçar” (bolinhas de papel ou alumínio são ótimas). Só utilize luz de laser e aplicativos de tablets se seu gato não fica frustrado por não poder morder a “presa”;

3) não faça brincadeiras bruscas, como beliscar a barriga, isso pode estimular agressividade;

4) não deixe o gato morder sua mão, principalmente filhotes, pois isso estimula agressividade também;

5) mantenha a caixinha de areia sempre limpa, em local reservado (de pouco movimento), longe do acesso de cães e, dependendo do gato, escolha caixa fechada (alguns gatos preferem caixas abertas – faça o teste);

6) adote gatos com mais de 2 meses, se possível. Até essa idade ele precisa conviver com a mãe e os irmãos para aprender a ter limites e a se relacionar com outros gatos;

7) acostume desde cedo a cortar as unhas, escovar os pelos, escovar os dentes e limpar as orelhas. Com isso você evita problemas de agressividade caso precise fazer alguma dessas ações na fase adulta (por exemplo em uma otite);

8) instale prateleiras pela casa para que seu gato possa escalar. A maioria gosta de ficar nas alturas, outros preferem ficar entocados;

9) evite adotar outros gatos caso tenha apenas um gato adulto em casa. Na maioria das vezes os adultos que sempre foram solitários não se adaptam a um “irmãozinho” novo. Eles ficam muito bem sozinhos, pode apostar;

10) carinho nunca é demais e uma boa massagem no seu gato vai fazer com que ele fique bem relaxado. Ou se preferir, separe uma hora do dia para escova-lo. Isso aumenta aumenta o vínculo e previne problemas com “bolas de pelos” no estômago.

Essas dicas não devem ser interpretadas como forma de diagnóstico. Em caso de problemas graves de comportamento, procure um profissional.

Dra. Laila Massad Ribas.

Laila Massad Ribas

Laila Massad Ribas

Possui formação acadêmica em veterinária, especialização em medicina felina e mestrado e doutorado pela USP.